22.1.16

Carinhos da Mãe Terra

Hoje acariciado 
Pelo vento massageando meu corpo,
Revitalizando-me carinhosamente cada órgão.
Hoje abraçado
Pela luz do Sol,
Cujo calor esquentava-me até a profundeza da alma..
Hoje tomado no colo
Pela terra fazendo-me reflexologia podal
Enchi-me de vida.
Fui pertencido
Pela mãe Terra
Guardando-me protegido em seu seio.
Abri os braços agradecendo,
Dancei, dancei,
Junto ao balanço das árvores que comigo dançavam..


Rubens Prata