3.5.11

COMO SERIA SEM MINHA COMPANHEIRA


Como dizia o Vinícius:
“Eu sem você não sou ninguém”.
Sem você sou o dia sem sol.
A noite sem sono.
Um colibri a procura de flor.
Um espinho a procura da rosa.

Sem você não sou ninguém.
Só um homem sem sonho,
Um mar sem  água.
Um barco sem rumo.
Sem você não sou alguém.

Sem você . Sou quem?
Só um escultor sem criação.
Um músico sem emoção.
Uma bomba a espera da explosão.

Sem você...
Não sou ninguém.

Eu, Rubens