19.10.15

ABRAÇOS

Hoje, velho livre e solto, com os tabus, 
holofotes e espelhos quebrados 
posso enfim, comportar-me como alma
e assim errante, exprimo o que sinto.
Abraço a pessoa que estranha,
O amigo que se alegra,
Aquele que livre, retribui,
Com o coração ao outro que tem vergonha.
Abraço com cumplicidade a companheira,
As filhas minimizando-lhes o estresse,
Os netos com palavras do bem
A mais pequenina roubando-lhe a febre
Abraço a grama com os pés descalços,
A árvore com os próprios braços,
O país com harmonia, 
O planeta em sintonia,
Agora a água do Jurumirim...
A água do Jurumirim é que me abraça 
Deixando-me criança magra, leve, 
Solta até flutuar.
Mas o por do Sol me abraça mais forte ainda,
Me enchendo de braços para tudo que faço,
Dando-me força, 
Para outro milhão de abraços.

O sistema global e a transição

O sistema já está falhando ao destruir irremediavelmente todos os direitos que a civilização, digo:"civilização" construiu ao longo de centenas de anos. 

Pessoas acostumadas ao capitalismo (empregado/patrão) sentem-se desamparados, desacreditadas de  qualquer saída. Não percebem sua própria capacidade de construir, de acreditar em si próprios. Entretanto, a luz sobre o planeta Terra ilumina bem mais hoje, tanto que, o Joio em meio ao trigo está ficando mais perceptível, já começamos a perceber ainda precariamente quem é o inimigo e a luta não é mais entre bem e mal, mas sim entre conhecimento e ignorância. 

O medo incutido na raça humana, por poderosos, pais, mídia, igrejas durante milhares de anos paralisa qualquer iniciativa individual. 

Operários não percebem que são eles que dirigem os caminhões, fazem o pão, costuram as roupas, até constroem os robôs que lhes tiram o trabalho. Não atinam que não é a empresa, o capital, o governo que trazem o sustento da vida, mas são eles próprios.
Se o homem consegue fazer música do nada, inventar aparelhos nunca existidos antes, certamente poderá reinventar seu mundo e, será preciso uma grande chacoalhada para acordarmos e, não esperemos muito para a chacoalhada não ser fatal.
Seres humanos são animais sociais e o poder de cada um está no outro. Portanto é preciso fazer pelo outro para fazer a si mesmo. Solidariedade, amor ao próximo, a si mesmo e ao meio ambiente não são palavras mortas, mas a salvação da vida na Terra!


Rubens Prata
Rubens Prata

A TERRA NÃO GIRA EM TORNO DO SOL, SEGUNDO ALGUNS BRASILEIROS

Ha alguns dias atrás, tive a oportunidade de assistir a peça Galileu Galilei na PUC estrelada por Denise Fraga. Além das nuances criativas do autor, percebia-se as dificuldades que Galileu tinha para provar que a Terra girava em torno do Sol e não o Sol que girava em torno da Terra. 
Era praticamente impossível supor para o povo da época, pois todos os dias via-se o Sol nascendo no leste passando por cima do Globo e morrendo no oeste. Portanto, nada mais natural era pensar o Sol girando em torno da Terra.
Certo dia, de tanto pesquisar pelo telescópiozinho, Galileu viu as quatro Luas do "Sol" Jupiter desaparecerem atrás de Júpiter e reaparecem concluindo visivelmente e comprovadamente que são os planetas que giram em torno do Sol e não ao contrário.
Precisando ter muito cuidado para não cair nas mãos da inquisição solicitou ao papa que observasse a mesma realidade através do telescópio e o convidado mandou dois representantes do Vaticano. Um era especialista nos dogmas da igreja, outro era doutor nos ensinamentos de Aristóteles.
Pois bem, por mais que Galileu instigasse desesperadamente que os ditos "doutores" olhassem a famigerada luneta eles não olhavam. Preferindo a se ater aos livros que possuíam. Já que não constava nos seus escritos a descoberta de Galileu, o coitado com as provas nas mãos teve de sujeitar-se à mentira escrita.
Semelhante a idade média, hoje há pessoas continuando a se recusar a olhar ao seu redor. Ou seja, se não saiu na Globo, se não está escrito na mídia jornalistica não existe, não é verdade.
O livro já não é mais o do Aristóteles e menos ainda dos dogmas da igreja, pois a religião de hoje é a economia, o "Deus" o dinheiro e os "santos" são os banqueiros os apóstolos são congressistas os sacerdotes a mídia, as beatas juízes e agregados e assim vai. Mas a atitude cega é a mesma!

É PRECISO SONHAR PARA CRIAR!

Estamos em busca de uma amanhã diferente, um despertar a Uma Nova Visão!
Onde a libertação de dogmas e preconceitos estabelecidos por uma pequena minoria dominante, nos aprisiona para ideias e conhecimentos a muito perdidos!
Que nos faz crer que isso ou aquilo não e possível, pois as leis criadas por eles mesmo assim o diz!
Leis essas que são apenas interpretações de algo que desconhecemos e se tornam "verdades" pura e simplesmente por uma inconsciência e embrutecimento de nos mesmos!

A ESCRAVIDÃO DESEJADA

A vida exige você vai,
Ficam os filhos,
Esvai-se a paciência.
A criança é educada na creche,
Na rua, com “amigos”,
Você trabalha fora,
O homem trabalha fora,
A mulher trabalha fora,
A criança é educada na escola,
Na rua, com a “turma”.
O patrão pede,
Você faz,
A mulher faz\,O homem faz,
O vizinho faz.
A criança talvez esteja na escola,
Educada pela rua, pela turba.
A televisão diz,
Você acredita,
A mulher acredita, o marido acredita,
A cidade acredita.
A crise é espalhada,
Você se sujeita,
A cidade se sujeita,
O mundo se sujeita.
A criança...Quem sabe, onde está a criança?
Você trabalha mais,
A mulher trabalha mais,
Todos trabalham mais,
A criança trafica mais.
O banco cobra,
A “autoridade” impõe,
A mídia instiga,
A sociedade cobra.
Mas...
As forças exaurem,
Você é obsoleto,
A esposa é obsoleta,
A criança (adulta) está na prisão.


Rubens Prata

2.9.15

RECENTES PARADOXOS

 Nos EUA uma único rapaz xinga Obama através do Facebook, vai preso.

Aqui milhares xingam a Dilma, estão soltos.

Os analfabetos abastados dizem que aqui é a ditadura comunista, lá a grande democracia americana.
Outro, pede a soberania do povo e ao mesmo tempo, ditadura militar.

A velha senhora, provavelmente religiosa fervorosa
ostenta o cartaz dizendo: Deveriam ser todos mortos em 1964
Essa gente “culta, politizada”, não saberia dizer em quem votou  e por que votou.

São exatamente como um peixe ao qual se pergunta: o que é a água? Ele  responderia: o que é água?
Como esse peixe, desconhece o próprio mundo  na qual vive ou a razão de sua pobre existência assim são esses que vestem-se de verde e amarelo, ou nada vestem (pelados e peladas) para reivindicar moralidade, impeachment, etc e tal.

Não percebem que ser brasileiro não está na ostentação da roupa verde amarela,  mas no coração vermelho, branco, mulato, negro, amarelo, daqueles que por merecimento nasceram aqui ou mudaram-se para cá.

Não sabem que não foram degredados que aqui vieram nas caravelas, mas sonhadores, com o paraíso na Terra, com o Eldorado perdido, com um novo mundo que aqui se descortina.
Não notam aqui o palestino convivend  com o judeu, o turco o árabe em harmonia.

Que os negros antes de serem escravos eram príncipes.

Que os índios, não eram os índios da Índia, mas os donos da terra, caraíbas, tupis, guaranis, kaiowas, e tantos outros sábios viventes desta promissora Canaã.

Brasleiros não são o rock, o tango, o fado. Brasileiros são: rock, fado, tango, maxixe, samba, baião e todos rítmos, sons, versos e vibrações da Terra.
Brasileros são a América – o novo mundo, mas também a Europa, Ásia, África e Oceania. Somos no todo o supra-sumo de Gaia.
Somos todos filhos de Tupã - Cristãos, muçulmanos, Candonblés, umbandistas, budistas, taoistas, hinduísta,  protestantes.

Essa gente que esteve na rua dia 16 provavelmente nunca teve a experiência de ser brasileiro, de trocar uma muda de jardim com o  outro, do prazer em distribuir entre vizinhos os frutos do quintal, de matar um porco e chamar todo os moradores ao redor para repartir a carne, de empurrar o carro atolado do estranho. Enfim, da solidariedade e confraternização que nos é peculiar.

Resta muita coisa a ser feita, mas vamos fazê-la argumentando democraticamente e não demonstrando ódio, pois não é a característica da maioria do povo brasileiro, mas atributo de quem faz guerras, cria preconceitos e inimigos.


Rubens Prata

15.8.15

EM NOME DO DINHEIRO, AMÉM.



A economia é um dogma inargumentável, um tabu .Tudo o que é feito em nome da economia deve ser acatado ao pé da letra. Contra ela, será uma heresia propor quaisquer nova ou velha ideia.
O deus da economia é o papel timbrado chamado de dinheiro ou moeda (abstração sem valor real) controlado por banqueiros que nada produzem..
Em seu nome, toda a mídia informa e se abastece, os corruptos se locupletam, ministros são trocados, direitos são tirados guerras acontecem, pessoas são executadas e o trabalho (aquele que produz riqueza real) se escraviza. .

Outras riquezas verdadeiras como o ar, água, biodiversidade, flora, minérios são roubados, privatizados e trocados por moedas pelos traidores à solta.
Em nome dessa doutrina e desse "Deus" pode-se relatar ainda um milhão de malefícios como:proliferação do tráfico, envenenamento do planeta por agrotóxicos, adulteração de alimentos, obsolescência,  adiamento da cura por fármacos e por aí afora percebe-se o preceito econômico impedindo qualquer iniciativa de melhoria ao planeta e a sociedade..
Enfim, 7 bilhões de pessoas a continuar vivendo sob a égide desse "Deus Dinheiro" e obedecendo piamente as regras dessa "igreja" chamada de economia será a perpetuação e expansão do inferno na Terra!


P.S: O que me levou, a princípio, escrever este texto foi a parábola de Jesus quanto a expulsão dos vendilhões do templo (os cambistas). Lembrei que hoje até determinadas religiões, ditas cristãs, cultuam idolatria a este bezerro de ouro "dinheiro", tal é a influência deste "Deus", do dogma econômico e de seus "rabis"(os banqueiros ou cambistas).
Por outro lado, imaginei que estaria colaborando muito pouco, se não sugerisse alguma ideia radical, caso o sistema continuasse a ser baseado em moeda, como o fim total do sistema bancário particular e qualquer moeda só seria impressa pelo governo de cada país, baseado em riqueza real produzida pela inteligência colocada em produção de bens materiais ou pela extração de riqueza do próprio solo. 

MUITA CALMA NESTA HORA

Banqueiros subtraem hum Derradeira Moeda do Operário,

Exploram Até hum SUA jornal jornal Última gota de suor,
São extintos Direitos,
Como madames ... Batem pa Nelas.
A desinforma Mídia,
O povo se confunde,
O alienado compartilha,
Um bate ignorante Panelas.
O juiz PRENDE o inocente,
O impeachment culpado Pede,
O corrupto Pede moralidade,
Um bate Patroa Panelas.
Os EUA espionam,
SEUS Agentes conspiram,
O traidor NÃO Privatização senado Pede,
A elite bate Panelas.
Como sombras fomentam o Confronto,
Dividem Para governar,
Inventam crises Paragrafo Explorar.
Cuidado! Muita calma nessa hora.
O joio do trigo comeca a se separar,
Como sombras xingam, ameaçam de morte,
De: Não Querem largar o osso,
O povo Já comeca Notar.
A Transição Planetária Segue Irresistível;
Como sombras insistem, se revoltam, estremecem.
Pressentem que esta largar Terra Irão.
Portanto, muito cuidado nessa hora!
Muito cuidado nessa hora Paragrafo NÃO Ser manipulado, vigiando, evitando o Confronto Que OS conspiradores desejam, esclarecendo-se e Compartilhando esclarecimento, e Sobretudo orando, meditando, vibrando Pela Paz no Mundo e no Brasil.
Rubens Prata

1.8.15

SOMOS TODOS BRASILEIROS

Ultimamente ando distante do Facebook, da proliferação do discurso de ódio que impera em muitas postagens pois quando abro a janela para ver o que mudou no mundo vejo que quem mudou foi eu.
Vejo que parte da humanidade não precisa mais de gurus externos quando tem em si mesma um guru interno distante dos resíduos de maledicências espalhados, dia a dia, pela mídia e pelos repercutidores dessa desinformação desatentos de suas responsabilidades sociais.
Somos todos brasileiros, este povo de convivência pacífica com todos os povos da Terra respeitando a diversidade que o mundo nos mostra sem interferirmos.
Somos mesmo antropófagos deglutindo tudo o que o velho mundo nos propõe e devolvendo com novos e saborosos temperos para o deleite de toda raça humana.
Já somos o celeiro alimentar do mundo, mas acima disso, somos semeadores de respeitabilidade entre as nações, um celeiro de esperanças, hospitalidade, generosidade, solidariedade e digo mais: Somos o sal da Terra, filhos do Sol destinados a espalhar semente de cordialidade, afeto, calor humano pelo orbe inteiro.
Sendo assim, fica-me difícil compactuar com manifestação de ódios e desentendimentos que a lugar nenhum nos leva. Fica-me difícil curtir e compartilhar discursos da destruição cujas fontes apelam para o caos
Espero que continuemos com as características que sempre nos norteou, de trabalho, honestidade, solidariedade como brasileiros naturais e racionais.(longe de manipulações diversas) e que nas Olimpíadas do Rio em 2016, sejamos exemplo de confraternização dos povos, de um povo amoroso do coração do mundo que é o Brasil.
R. Prata.
.

27.6.15

DISRITMIA

A poesia das minhas palavras fugiu
Fugiu porque me atolei no charco do compromisso
Matando a fome dos meus, tentando curar o que não posso
Fugiu por disritmia, descompasso com o passo do cosmo.
A poesia envergonhada de mim... Fugiu!
Fugiu porque me encarcerei aos apelos daqueles que não pensam senão em coisas
Preocupações miúdas do pensamento amiúde
Dinheiro, casa, trabalho, reparos, comida, vida corrida.
Minha alma desesperada clamava seja! Eu fazia ouvidos moucos
Os anjos bons que repetiam: escreva! Escreva! Foram-se aos poucos
As idéias que borbulhavam nos sonhos esfriaram
Agora,por ironia, só a terrível ansiedade me agonia.
Hoje até a criatividade ficou diminuta
O prazer do trabalho virou cansaço
Tudo demora, tudo me amola
Minha alma está longe, nem me escuta.
Espero que o Universo me redima com esta confissão
Me arrependo sinceramente por querer ser normal
Quero novamente ser o reflexo de minha alma e não do meu cérebro
Quero ser sensação, emoção,
Puro tesão
Amor
O velho Rubão.
Rubens Prata

16.6.15

É PRECISO AMAR AS PESSOAS COMO SE NÃO HOUVESSE AMANHÁ

Extremamente oportuna a frase acima cantada por Renato Russo, pois é exatamente o amor com todas as virtudes que carrega que permitirá um futuro para a humanidade..
É preciso que a população terrestre passe imediatamente de sua adolescência para a idade adulta e, amor é o caminho mais rápido. Amor a si mesmo, amor ao semelhante e aos não semelhantes, Amor à Terra e toda sua diversidade.
Se assim não for não haverá amanhã!
O astro chamado de Elenim, por aqui já passou, Entortou o eixo de Venus em 90º graus, alterou os polos magnéticos da Terra e modificou todos os outros planetas do sistema solar.
Agora esperamos outro astro bem mais gigantesco, o NIBURO (também chamado de Hercólubo, planeta X, planeta Chupão etc) e como diz Nando Reis em sua música: "Quando o segundo Sol chegar e desalinhar a órbita dos planetas..." Os cientistas irão dizer muitas coisas, mas a única coisa que irá realmente valer será o amor que poderemos ter. Digo o amor e todas as virtudes que advém dele como: solidariedade, perdão, responsabilidade, compaixão, tolerância, participação etc.
Desculpe por tirar o pirulito da mão de muitos adormecidos, mas o tempo é bastante curto para crescer.
R. Prata.

O QUE PODEMOS TER, O QUE PODEMOS SER

"O que poderemos ter, o que poderemos ser". Apenas uma frase musical abre tamanha reflexão, pois o que a humanidade intensamente mais deseja e persegue nos dias atuais? Beleza física. riqueza, poder, conforto. Enfim, possuir, possuir possuir!
Com esse parâmetro como ideal, (fruto de manipulação ininterrupta que fazem-nos a milênios) não haverá recursos que sustente a ganância de quem nos manipula e o desejo irrefletido daqueles consumidores que almejam beleza, riqueza poder, possuir etc. Pois é esse o caminho do desassossego e da destruição a que estamos fadados a ter brevemente.
Por outro lado, há outro caminho a ser desejado como o da harmonia, paz, liberdade, inteiração, respeito, solidariedade e sobretudo conhecimento. Sendo este último aquele que pode nos libertar da manipulação da mídia, corporações, governos e trazer os atributos desse caminho a harmonia, paz etc.
Sinto-me compelido a mostrar estes dois parâmetros, já que a continuidade da vida no planeta exige urgentemente uma mudança radical de nossas atitudes perante a vida.
Não tenhamos medo de ser o que nos propusermos ser!
Não tenhamos medo de colocarmos idéias que não são comuns em meio à Matrix na qual vivemos!

28.4.15

VOCÊ CONHECE A MIDIOCRACIA?


Começa assim: Um contraventor, pode ser até o Cachoeira, um corrupto ou até o doleiro que acabou de ser preso que, incomodado com o representante público que bloqueia suas maracutais liga para uma determina revista, diz que o fulano (representante público) desviou verbas fez isso e aquilo.
A revista faz uma pauta, acrescenta alguns desafetos para dar "sustança" à matéria e publica.
A notícia explode na mídia televisiva, Os "calunistas" de plantão transformam-na no maior escândalo do século um grita, esperneia, exige uma atitude, diz que a culpa é do governo, dos bolivarianos etc. Um conhecido comenta: "Isso é uma vergonha!". O outro então... Bom, esse nem sabe do que se trata mas acusa a corrupção.
A notícia repercuti de manhã, no almoço, à noite e madrugada.
Dia seguinte, articulistas dos jornais impresso supõem a "suposição do suposto"
O povo transtornado liga para casa do representante público, manda E-mails, Ameaçam! A mãe do fulano enfarta, a esposa tem Símdrome do Pânico, a filha fica com medo de ir à escola.
O Senador oportunista que custa R$ 33,4 milhões por ano faz um "supositório" do acontecido e requer uma CPI para apurar os fatos com outros 81 senadores custando a mesma quantia cada um. Nomeiam um relator para passar meses estudando o caso.
O representante público é afastado do cargo.
O caso vai para a Câmara dos Deputados, o presidente da Câmara que custa R$ 6,6 milhões por ano debate por tempo indeterminado a fio com outros 513 deputados, cujo custo de cada um é o mesmo.
A mídia repercuti, repertuci, repercuti. Alguns blogs desmentem, outros confirmam.
Na tv faz-se o prognóstico da corrupção.
O caso vai para o Ministério Público. Quanto gasta o ministério público para investigar?
Esse ministério passa para o Procurador Geral da República, cujo salário é de R$ 30.675,48 por mês.
A Polícia Federal já foi acionada, planeja-se uma operação com vários policias com um olerite de mais de R$7.000 reais cada um.
A midia afirma que tudo vai acabar em Pizza, o povo acredita sempre. É óbvio!
A população não aguenta mais tanta corrupção.
Depois de alguns anos o caso já está nas mãos dos 10 ministros do Supremo Tribunal Federal, cada um deles, sem contar ajudas extras recebem R$ 28.000,00
O STF conclui o caso, não há provas, o fulano é inocente.
Enfim, o coitado, já depressivo, com a família doente não quer mais saber de nada, o povo acreditou terminar em pizza, a revista precursora do caso, não deu uma nota e a mídia...
A mídia escondeu os verdadeiros corruptos, o delator, o contraventor, o congressista!
Sem contar, despesas com funcionários, viagens, gasolina etc. Quanto pagamos por isso? Foi feito alguma coisa com a revista? E com a mídia em geral? E a despesa dos poderes legislativo e judiciário, não é a mídia que deve pagar?
Como se não bastasse, a mídia se impõe como um segundo governo dentro do governo, pois engendra no congresso e no pensamento da população as pautas, idéias, necessidades a serem discutidas fazendo com que milhares de brasileiros vivam constantemente uma “realidade” fruto de uma única maneira de ver. A dela!
Não é de hoje que a mídia causa irreparável prejuízo à nação, já que foi ela a principal protagonista da história do país nos últimos 60 anos, começando com o suicídio de Getúlio, passando pela queda de Jango, a instalação da ditadura, a propagação do neoliberalismo que dilapidou toda a riqueza do Brasil, a perda de uma eleição do Lula, a gigantesca manipulação nas últimas eleições e agora num flagrante desrespeito ao estado brasileiro fomenta passeatas, promove o caos, ataca diuturnamente a Petrobrás.
Agora imagine como o Brasil estaria sem a perda de seu patrimônio industrial, mineral, sem ditadura, sem a queda e morte de governos progressistas caminhando livre da mídia durante esses 60 anos!
A maior e a mais poderosa oposição no Brasil é a mídia, especialmente a da Globo.Oposição tão devastadora e destrutiva que supera a de todos os partidos juntos. Trata-se de um tumor maligno que consegue entorpecer até os cérebros mais vigilantes e esclarecidos. Portanto, necessário se faz que os esforços de todo cidadão consciente seja destinado a extirpar este câncer. Se assim não for, nunca estaremos livres para escolher nossos próprios caminhos.
Pois é, MIDIOCRACIA é isso, mistura da DESINFORMAÇÃO com a "IDEOCRACIA".
Opz! DEMOCRACIA.
Plim Plim!
Rubens Prata