6.8.13

A QUEM INTERESSA OS JUROS ALTOS



NO ÚLTIMO SÁBADO PAGUEI O QUIILO DE UM TOMATÃO R$ 0,99 NO SUPERMERCADO SALADÃO AQUI DE AVARÉ, noutro estabelecimento estava R$ 1,39 o quilo. Agora, até a GLOBO que manipula a informação a fim de criar o CAOS no Brasil disse que tinha uma boa notícia A DA CESTA BÁSICA QUE ABAIXOU EM TODOS OS MUNICÍPIOS e a DA POUPANÇA QUE AUMENTOU MUITO ESTE MÊS.
Pois é, né! A presidente fez um grande esforço para baixar os juros e os spreds, abaixou, mas aí veio aquela inflação SAZONAL que todo ano sempre vem então a GLOBO com seus URUBÓLOGOS se empenhou em demonstrar que os juros deveriam subir daí notícia URUBOLÓGICA VAI, notícia URUBULÓGICA VEM diariamente e várias vezes por dia por meses a fio até que finalmente os juros aumentaram. PARABÉNS DISSEMINADORES DO CAOS!
Mas a quem verdadeiramente interessava o aumento dos juros? Para a alegria da Globo e da oposição com certeza, para alguns empresários desacostumados a produzir competindo com ética e criatividade também, mas sobretudo para os banqueiros que dominam e manipulam o mundo inteiro. Pois são eles que colocam propagandas na mídia, que financiam os partidos tanto os da situação como os da oposição, que financiam as guerras dos dois lados do conflito. Só o lucro de um banco brasileiro este ano em 6 meses, equivale sozinho ao lucro de 33 países juntos - eu li essa notícia ontem. Não nos esqueçamos também que o Brasil pagará este ano 44% de toda a arrecadação de impostos só para cobrir os juros da Dívida Interna.
Se a inflação baixou foi porque só vingou agora a medida da presidente retirando os impostos da cesta básica e porque a influência da SAZONALIDADE na Cesta básica terminou.
Nada impede que reflitamos sobre a atividade do Banco Central, sobre o prejuízo para o Brasil ter aumentado os juros. Se não seria bem melhor que esse banco não só cuidasse do aumento ou queda dos juros, mas também cuidasse para que esse juro não prejudicasse a produção industrial, bem como, o emprego. 
Rubens Prata
E que o Criador me livre de qualquer processo por ter opinião e dá-la ao público
.