24.12.12

RAZÕES




Não me peçam razões por defender as causas e pessoas as quais defendo.
Pois há atitudes maiores do que a própria razão,
Elas partem do coração
Da vivência e do tempo vivido,
De experiência no mundo das sensações.

Não me peçam razões por agir desta ou daquela maneira,
Porque todas as razões serão hipócritas se só representam minha maneira de pensar.
Porque todas as razões serão mentirosas, uma vez que não se pode por uma vida inteira de argumentos numa frase.

Não me peçam razões se sei que o instinto de preservação sempre age certo mesmo quando não temos razão para reagir. Ou seja, porque há coisas mais certeiras e acertadas do que a própria razão.

Enfim, não me peçam razão porque quase nunca não as tenho;

Rubens Prata