27.8.12


’Meu otimismo está baseado na certeza que esta civilização vai desmoronar.
Meu pessimismo está em tudo o que ela faz para arrastar-nos em sua queda’’

Mostrar a realidade, tal qual é na verdade e não tal como mostra o poder, constitue a mais autêntica subversão.

A vida é muito para ser insignificante!

13.8.12

DILEMA



Meu criador, é preciso parar,
Mantive minha religiosidade,
Sou-Lhe mais fiel do que nunca.
Mas reneguei minha ‘’religião’’,
Desmontei meus conceitos,
Desarrumei minha educação filial,
Esvaziei meus medos
Incutidos pelos pais.
  
Agora...
Um dilema que afeta meu coração
Precisa de inadiável solução.
Desligar-me do partido
Que  sempre amei de paixão.

Como posso defender meus heróis,
Se eles querem construir usinas atômicas?
Se também privatizaram aquilo que era do povo?
Como posso admirar um representante público
Que não faz auditoria na dívida pública,
Divida esta, que desrespeita a constituição,
Tira o prato do faminto,
O médico do doente,
O salãrio do professor,
Dívida da usura dos banqueiros
Que dilapida a nação.

Como posso defender e votar em alguém,
Que apesar de defender meus direitos
Aceita um salário de deputado que
somados aos benefícios ultrapassa os cem mil reais?
Como posso lutar por eles
Se a dívida pública retira todos os nossos direitos?
Só sei que é preciso coragem e verdade
Para acabar com essa vergonha.
E essa coragem e verdade ninguém se atreve.
Rubens Prata