30.4.12

CERTAS MANEIRAS DE EDUCAR UM FILHO



Di certo, o Criador havia errado em sua criação
Pois, minha mãe acreditava que criança nascia bandida.
Então, precisava corrigir-me,
Enquadrar-me nos seus parâmetros de perfeição.
Daí, impunha:
_-Faça direto. Peste!
Não faça isto, Não faça aquilo.
Tome cuidado com isto, Tome cuidado com aquilo.

Portanto, fui crescendo enquadrado,
Tateando a vida com todo cuidado.

Só agora que fiquei bem mais velho,
Descobri que podia deixar de ser um bundão.
Não tenho mais medo de bicho papão.

Hoje, esforço-me muito para desaprender.
Já posso dançar....
Posso me soltar,
Sem preocupar-me com o que os outros irão falar.
Até descreci um pouco!

Atualmente...
Até brinco com madeiras,
Perco tempo com palavras,
Permito-me uma pitada de ócio.

Agora...
Pode ser um pouco tarde para cometer os pecados que não cometi.
O corpo ficou rotundo,
As costas apelam para a dor,
As pernas recusam andar.
Pois é!
Só Agora vou sair pelos caminhos do mundo
Irei aos recantos, onde o medo impediu-me de chegar.
Vou até onde minha saúde puder me levar.

 Rubens Prata 

P.S.  Com todo respeito e consideração 'a minha mãe