25.2.11

“Não espero verdade absoluta. Mesmo porque a inferioridade humana não é capaz de abrangê-la.”