24.1.10

SIMPLESMENTE

Simplesmente eu te amo.
Não sei de onde,
não sei por que.
Simplesmente eu te amo.

Você não pensa como eu,
Não participa dos meus sonhos,
Não gosta das coisas que gosto.
Não chora com meus desenganos.
Mas...
Simplesmente eu te amo.

Você está sempre por perto.
Daí, não sente saudades.
Não liga para o meu verso.
E eu, não sou nada esperto.
Mais sei que...
Simplesmente eu te amo.

Você cuida de mim,
me faz um café.
Eu vivo assim:
te servindo na cama,
te fazendo um cafuné.
Simplesmente eu te amo.

Na doença, na riqueza.
Na saúde, na tristeza.
No trabalho, na pobreza.
Simplesmente eu te amo.

Nélia...
Por ti, tenho todo amor.
Seja discutindo,
seja na dor,
seja plantando flor.
Simplesmente eu te amo.

Eu, Rubens